Tecnologia do Blogger.

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador iPhone. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador iPhone. Mostrar todas as postagens

06/08/2012

"Apple e Samsung: guerra de patentes" ... " Empresas duelam no tribunal; entenda"

Apple e Samsung: guerra de patentes

Apple e Samsung: guerra de patentes
Empresas duelam no tribunal; entenda

06/08/2012 | Por Redação MSN
Apple X Samsung: a guerra agora é das patentes e no tribunal

Disputa de patentes chega à 

cortes dos EUA                      



Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
MOSTRAR MINIATURAS




Há uma semana, desde 30 de julho, quando houve a escolha do júri, dois gigantes da tecnologia, Apple e Samsung se encontram em um tribunal da Califórnia para a última fase e mais importante da tão falada disputa de patentes. Longa, a luta envolve empresas que produzem 50% dos smartphones em todo o mundo. O resultado pode custar centenas de milhões de dólares, ou até bilhões, ao perdedor, enquanto o vencedor leva para casa uma importante vantagem na guerra pelos mercados de smartphones e tablets.

Pelo que eles estão realmente brigando? 

Quem está processando quem?


Cópias?

Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Reuters


A Apple foi quem processou primeiro, afirmando que os smartphones e tablets Android da Samsung da linha Galaxy copiam o design do iPhone e do iPad. As reivindicações da Apple são em grande parte sobre a aparência, o aspecto geral dos produtos, bem como alguns elementos da experiência do usuário como o 'tap-to-zoom', ou simplesmente toque para fazer o zoom. Eles dizem que depois que o iPhone saiu, a Samsung mudou drasticamente seus telefones para copiar o estilo do iPhone.
A Samsung respondeu às acusações processando a Apple por patentes mais técnicas, duas que são especificamente relativas à forma como os telefones utilizam o 3G, e outras três presentes em outros recursos como a de tocar música em segundo plano enquanto o usuário utiliza um app. Eles inclusivem argumentam que já haviam projetado um telefone tipo iPhone anos antes do lançamento da Apple e ainda afirmam que o smartphone da Apple é fortemente influenciado por designs da Sony.
O fato da Samsung ser uma grande fornecedora para a Apple - são eles que fazem as novas telas de retina para o novo iPad, por exemplo, acrescenta uma dose extra de ironia ao caso.


O que está em jogo?


Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Reuters

Perder o caso pode custar milhões de dólares às empresas. Mesmo: a Apple exige mais de US$ 2,5 bilhões em danos, enquanto a Samsung estaria pedindo Us$ 10 por cada iPhone vendido, referente ao uso não licenciado de suas patentes 3G.
Mas tudo pode piorar: existe a possibilidade da venda dos produtos envolvidos - no caso, de quem perder - serem proibidos de serem vendidos nos Estados Unidos por infrigir as patentes alheias. Seria fácil de resolver essa questão se fosse possível fazer algumas mudança de interface, mas uma transformação mais profunda dos aparelhos acabariam por excluí-los do mercado. Ou seja, além de vendas, a empresa perdedora prejudica a sua marca.
O caso está previsto para durar mais de um mês, então não é preciso se preocupar já.



Em todo o mundo

Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Getty Images 
O caso dos Estados Unidos é a primeira ação judicial proposta entre as duas empresas, com potencial de ser o mais significativo e o mais caro, mas tanto a Apple quanto a Samsung têm se ocupado de processar o rival em outros mercados desde o início de 2011. Casos semelhantes ao que ocorrer nos EUA estão acontencendo no Japão, Reino Unido, Coréia do Sul, Alemanha, França, Austrália, Holanda e Itália, com muitos deles ainda em curso. Até agora, os resultados têm sido um pouco para cada.

Vitórias da Apple


Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
 
Tom Phillips
Muitos dos casos ainda não tiveram conslusão, ainda assim, a Apple teve algumas vitórias temporárias. Eles conseguíram proibir vendas e importações de alguns produtos da Samsung nos Estados Unidos, Holanda e Alemanha, sendo que o tribunal alemão ordeou a proibição do Samsung Galaxy Tab 10.1 em toda a Europa.

Vitórias da Samsung



Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Tom Phillips 
A Samsung conseguiu anular a proibição das vendas na Holanda e na Alemanha e já obteve vitórias no Reino Unido. O juiz britânico Colin Birss decidiu que a série Galaxy não é uma cópia do iPad e que era pouco provável que fosse confundir os consummidores. Ele também obrigou a Apple a publicar no seu site no Reino Unido e em jornais do país que não, a Samsung não havia copiado o iPad. Infelizmente para a Sammsung, a razão de sua decisão foi de que os tablets Galaxy não são tão 'cool' como o iPad.

Apple na batalha das patentes

Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Tom Phillips
A Samsung não é a primeira empresa a se envolver em uma disputa de mão dupla por patentes com a Apple. A empresa de Cupertino já brigou com as empresas 'amigas' da Samsung, HTC e Motorola, duas outras fabricantes de smartphones Android numa tentativa coordenada de barrar o frenético crescimento da plataforma Android, o arquival do iOs.
A Apple também já entrou em disputa com a finlandesa Nokia, que finalmente decidiu usar a sua enorme quantidade de patentes para tentar recuperar um pouco da vantagem perdida no mercado de smartphones desde que a Apple lançou seu iPhone e acabou com a supremacia da Nokia.


Kodak se junta à brincadeira


Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Tom Phillips
A briga por patentes não é exlcusividade das fabricantes de smartphones. A Kodak, uma das grandes prejudicadas pelo 'boom' dos celulares com câmeras decidiu entrar na brincandeira, processando não só a Apple, mas também a LG, RIM (BlackBerry) e, é claro, a Samsung. Com Samsung e LG já foram feitos acordos, mas não resolveu o problema da Kodak, que em janeiro deste ano pediu concordata. Os processos ainda estão em curso.



Basicamente, todo mundo está processando todo mundo



Disputa de patentes chega à cortes dos EUA

Tom Phillips
Mas não, a brincadeira não para por aí. A situação chegou a um nível que praticamente todas as empresas do mercado de telefonia móvel está ou já esteve envolvido em uma disputa de patentes. A Microsoft também já mirou nas fabricantes de aparelhos Android e busca um acordo de licenciamento como já fizeram com HTC e Amazon no passado (em azul na imagem acima). Isso significa que a Microsoft efetivamente ganha algo com as vendas dos smartphones Android de algumas companhias. A Nokia entrou com ações contra a RIM e HTC, assim como contra a fabricante de chips Qualcomm. A empresa de software Oracle processou o Google pelo código do Android e perdeu. A Sony e a LG também já brigaram entre si por patentes de smartphones, TVs e até do PlayStation 3 da Sony antes de acordarem um licenciamente cruzado.


O juiz da luta


Disputa de patentes chega à cortes dos EUA

Reuters

Uma das características interessantes dessas disputas é que juízes diferentes tratam casos parecidos, mas de forma diferente. Nos Estados Unidos, a juíza Lucy Koh, que preside o caso Apple Vs Samsung na Califórnia - tem levado à sério os argumentos e tem sugerido que considera o caso da Apple forte.
Enquanto isso, em Chicago, o juiz Richard Posner (na foto), membro sênior e respeitado do poder judiciário de Chicago, jogou fora um caso em que a Apple e a Motorola (agora do Google) processavam um ao outro, descrevendo o sistema de patentes como um completo caos.
Em outros lugares, como a Austrália, Annabelle Bennett, chamou algumas das manobras legais de 'ridiculas', o que pode indicar que alguns juizes podem estar ficando fartos do assunto.


Trégua?



Mesmo com tantas disputas, nenhuma das gigantes parece disposta a recuar facilmente. Muitas estão numa busca por novas carteiras de patentes de outras empresas, tal qual o Google, que adquiriu a Motorola e, sendo assim, suas patentes. Recentemente, entraram em disputa as patentes da Kodak, que vão à leião numa tentativa de salvar a empresa falida no dia 8 de agosto.
De qualquer modo, qualquer que seja resultado do litígio Apple Vs Samsung, é provável que terminem em acordos de licencimento, sendo a batalha nos tribunais uma etapa importante para obter as melhores condições comerciais possíveis. Diante da natureza prolongada e generalizada das disputas envolvendo patentes, é fácil concordar com o juiz britânico Richard Posner de que o sistema de patentes em todo o mundo é um caos é clama por uma revisão dramática.


Primeiros dias


Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Gizmodo 
Na primeira semana, o julgamento entre Apple e Samsung já deu o que falar. De início, a Apple mostrou rapidamente o F700 em um slide. Por isso a Samsung quis, mais uma vez, incluí-lo no processo: o principal advogado da Samsung, John Quinn, disse estar 'implorando para o tribunal'. A juíza negou. Então a empresa resolveu divulgar slides sobre o aparelho - e sobre o protótipo 'baseado' em produtos da Sony - para a mídia.
Os slides acompanhavam um texto curto, dizendo: 'A prova excluída teria estabelecido sem dúvida que a Samsung não copiou o design do iPhone'. A juíza ficou furiosa ao ver a Samsung driblando sua ordem: ameaçou sancionar a empresa e pediu uma reunião com John Quinn. O processo continuou, mas a Samsung pode ter perdido alguns pontos com a juíza ao fazer isso.
Desde antes do julgamento, a Samsung queria falar do F700, um celular com touchscreen e um botão que ela teria desenvolvido antes do iPhone ser anunciado. Nós já falamos sobre ele: visto pela primeira vez em fevereiro de 2007, ele foi chamado de 'iPhone da Samsung' devido às semelhanças.
Porém, há um prazo máximo para incluir provas no processo. Como a Samsung demorou demais, o F700 ficou de fora. Eles pediram diversas vezes para a juíza incluí-lo fora do prazo, mas ela negou

2001: Uma Odisseia no Espaço

Disputa de patentes chega à cortes dos EUA
Gizmodo 
A Samsung está mesmo em dificuldades na disputa judicial com a Apple sobre patentes de tablet. Desta vez, a juíza Lucy Koh negou o pedido da Samsung em usar como prova parte do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço.
A Samsung queria usar este filme, além do programa de TV britânico The Tomorrow People, como provas de que o design do iPad existia antes do próprio iPad. Os vídeos mostram personagens usando tablets. Para a Samsung, isto serve de anterioridade, ou seja: uma prova pré-existente de que as patentes da Apple não seriam de fato originais.

fonte:  
tecnologiamsn










compartilhe!
twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail
burranaoloirasim
Published: By: Edilene brandao da silva - 22:25

Seguidores

Popular Posts

Dicas

tutorial

Translate

 

Seguir por e-mail